quinta-feira, 9 de outubro de 2008

1.ª aula no The Little Gym

À semelhança da aula experimental, adoraste a 1.ª aula no The Little Gym hoje. A avó M. foi ver-te e achou o máximo, tal era a tua diversão e a tua energia inesgotável! Todas as semanas a aula tem um tema diferente. Hoje era “de trás para a frente”. Na teoria a ideia é ensinar-vos o que quer dizer as coisas serem ao contrário, de trás para a frente. Na prática, a aula começou com a música de despedida, os nossos nomes quando nos apresentámos começaram nos apelidos, os exercícios eram desde andar para trás, a dar cambalhotas para trás nas traves, a de costas nos rolos, rodarmos-vos para vos ambientar à rotação. Finalmente a aula terminou com a música início das aulas. Também andámos por cima de um colchão cheio de ar, para treinarem o equilíbrio e, como não podia faltar, para o final houve bolas de sabão que todos, sem excepção, deliram ao vê-las no ar, rebentar e querendo apanhá-las. Tu não és excepção. Contudo, definitivamente o que mais gostas é, de costas, em cima do rolo, andares para trás e para a frente, ora assentando os pés nos chão, ora esticando os braços para trás e ficares de cabeça para baixo a ver tudo “de pernas para o ar”. Sorris com vontade, abres a boca e pões a língua de fora (última gracinha) de tanta felicidade. A avó M. confirmou-me. Do que viu, foi o que achou que mais te divertia. Todavia, gostas de tudo, divertes-te, não paras um segundo, quando o professor (um querido!) está a explicar, tens de arranjar alguma coisa para fazer: gatinhar sala fora, ires ter com a tua amiga M. ou empoleirares-te no parapeito da enorme janela que tem vista para a rua. Tudo sob o meu olhar atento, que só alterna entre ti e a atenção ao que o professor vai explicando e, hoje, sob o olhar da avó M. e da amiga C.T. que também assistiu (já que o B. é que entrou com a M.). Ficamos muito felizes. Está a ser um esforço para nós, mas vale mesmo a pena ver-te radiante, já para não falar no bem que te faz, física e emocionalmente. Foi tão ou tão pouca a excitação, tão ou tão pouco estafante a aula que, depois do banho, do jantar e da ida a casa do avô J. (não sei como aguentaste sem cair para o lado logo depois do banho!) adormeceste tão ferrada que nem o biberão conseguimos dar-te. Mudámos-te a fralda, vestimos-te o pijama, trouxemos-te para a sala, mexemos-te e nada… Sempre ferrada. Até te pus o biberão na boca sem qualquer efeito. Só nos fizeste lembras os momentos a que carinhosamente apelidávamos de “moca de leite”. Ficaste hoje tal e qual, como ficavas depois de mamar. Isto é que foi um dia em cheio! E que bom…

2 comentários:

bepa disse...

LOL A Pocahontas deve ficar linda a fazer os exercícios :-) Vai ser uma ginasta de primeira categoria. Bjs

QUINTALDASCOUVES disse...

Fico feliz por ter sugerido tão boa ideia. A ver se para a semana a nossa M. se lhe junta nas brincadeiras...