quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Deliras com o Lago! 12092008


Adoras tudo o que é novidade. Achas graça a todos os objectos ou coisas que se mexem. Os animais não são excepção. Com o Lago, de início eras mais calma: querias mesmo era perceber o que era “aquilo”, com pelo, castanho, de quatro patas, sempre de um lado para o outro, a ladrar, a bater com as patinhas pelo chão, um ruído também desconhecido para ti. Agora que já o conheces bem, queres é estar perto dele, tocar-lhe. É uma verdadeira excitação. Ele não te liga muito (ainda), mas tu não te importas nada. Queres mesmo é que ele esteja sempre no teu campo de visão. E então agitas-te muito, conversas com ele, dás gritinhos de alegria!

2 comentários:

cristina disse...

Lindo! Costuma-se dizer que os cães se assemelham aos donos. Não imaginaria outro para ti...

Filipa Ricardo & Margarida disse...

Ahahah! E é lindo não é? Um perdigueiro português, pois claro que tinha de ser Nacional!!!